Resenha: Quadrinho “A Bela Morte”

Olá amigos,  a resenha de hoje é do quadrinho “A Bela Morte” que foi escrito e ilustrado pelo Mathieu Bablet (@mathieublet) que ficou conhecido através do quadrinho Changri La (que também trarei resenha pra cá em breve) que foi sucesso durante o ano de 2018. Ambos os quadrinhos fazem parte do catálogo de publicações da Sesi-SP Editora.

“É como naquele filme, sabe: Insetos Gigantes invadem a terra e sobra apenas um pequeno grupo de sobreviventes

E ai, o que eles fazem?

– Justamente, Eles não sabem”

A Bela Morte” se passa em um cenário pós apocalíptico onde toda a humana foi dizimada por uma súbita peste de insetos, porém não são insetos normais são uma raça de insetos totalmente evoluída que por sua vez destruiu todos os seres vivos, com exceção de Wayne, Jeremias e Soham que são os únicos sobreviventes.

 A história vai se dividir em dois momentos. O primeiro momento teremos contato com o cotidiano dos três personagens, conhecendo a personalidade de cada um deles e como encaram a sua situação de existência atual. Os três sobreviventes estão em uma verdadeira corrida contra o tempo, em busca de suprimentos visto que muitos dos suprimentos possuem data de validade curta, e cada vez que a escassez de alimentos se torna predominante, mais preocupante a situação fica, já que chegará um momento que não existirá mais comida para que eles possam se manter vivos. Ao mesmo tempo eles precisam ser cautelosos, já que estão sujeitos a novos ataques.  E é nesse momento que o autor irá trabalhar temas como solidão, tristeza, incertezas, medo entre outros temas que ao decorrer da trama vão moldando a personalidade de cada personagem.

Tornando os mistérios e monstros que causaram a destruição da raça humana apenas um mero plano de fundo, dando total protagonismo para os questionamentos sociais e psicológicos. Isso me fez lembrar bastante a série The Walking Dead, onde os zumbis são apenas o plano de fundo  e os questionamentos do comportamento humano o fator principal.

No segundo momento o autor vai mostrar o que está por trás do ataque visceral que destruiu a raça humana, trazendo ideias bem fora da caixa. O que faz com que o início da história que vinha em uma pegada mais realista consiga surpreender o leitor. O que não foi um ponto negativo para mim, afinal em uma história que a raça humana foi dizimada por insetos não se pode ter os pés prezos no chão.

A arte do quadrinho é simplesmente fenomenal, fiquei impressionado como o autor conseguiu detalhar tão bem os cenários e situações tornando a minha experiência de leitura muito rica e diferente de tudo que já li.

Sobre o trabalho gráfico da Sesi-SP Editora em cima dessa obra, não tem nem muito o que dizer, pois a edição está SIMPLESMENTE PERFEITA. Ao abrir o quadrinho me deparei com uma enorme aba que se transforma em um mapa, me fazendo visualizar a megalópole onde os personagens da história vivem perdidos a cerca de cinco anos. No resumo geral o formato de “A Bela Morte” ficou de luxo, agradando facilmente até o mais exigente colecionador.

A Bela Morte” foi uma leitura leve, rápida e muito curiosa que me agradou muito. Qualquer pessoa que goste de histórias com temas pós apocalípticos como eu irá se deliciar com esse quadrinho.

Nos próximos dias estarei postando um vídeo resenha no Canal do YouTube, onde estarei mostrando o material gráfico desse quadrinho belíssimo. Não percam pois o vídeo ficou bem legal, e vocês poderão ver o quanto belo esse quadrinho é.

Por hora quero saber quem já leu “A Bela Morte”? O que achou ? Já teve contato com histórias do gênero ? aaahn, vamos fo-fo-car.

Para comprar essa HQ com desconto,

Utilize nosso link de Associados da Amazon, você estará ajudando nosso blog a crescer e trazer mais conteúdos legais (Clique aqui para comprar com desconto).

Eduardo Mateus (@edu__mateus)
BLOG (@somaisumaleatorio)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s