THE IDOLM@ASTER: CINDERELLA GIRL (RESENHA)

Olá pessoal, não sei se já falei para vocês mas adoro animes sobre Idols. Principalmente quando são idols feminas, e esses dias estive assistindo o anime The Idol M@aster: Cinderella Girls e esse anime simplesmente me surpreendeu. Na resenha abaixo irei contar pra vocês o porque gostei tanto deste anime, e por que acho que ele é ideal para quem curte historias nessa temática.

O Idolmaster é uma franquia de mídia japonesa que começou com uma série de simulação de videogame criada pela Bandai Namco Entertainment. A série se concentra principalmente na carreira de um produtor que trabalha com um grupo de ídols pop em perspectiva na agência de talentos 765 Production. Originalmente lançada como um jogo de arcade em 2005, a franquia cresceu para vários portos, sequências e spin-offs em vários consoles de videogame, incluindo três jogos em redes sociais. A série inclui uma variedade de outras mídias, como anime, mídia impressa, dramas de áudio, um drama coreano e programas de rádio.

the-idolmaster-cinderella-girlsApós ter iniciado o anime Cinderella Girls,  fiquei curioso e resolvi pesquisar um pouco sobre o anime e sua historia. Nisso descobri que a franquia Idolmaster é extremamente grande, que antes dessa adaptação o jogo já passou por varias outras segmentações e que inclusive já existia uma outra adaptação para anime chamada the idolmaster: Xenoglossia, produzido por Sunrise e dirigido por Tatsuyuki Nagai, foi ao ar no Japão entre abril e outubro de 2007 na TV Kansai. A série gira em torno de dez ídols em potencial como pilotos de caça de robôs, com oito deles se passando por estudantes. Xenoglossia não tem relação com os jogos além de seus personagens.

Cinderella Girls recebeu várias adaptações de mangá desde o início. As histórias em quadrinhos foram coletadas em vários volumes tankōbon publicados pela ASCII Media Works com seu primeiro volume publicado em 27 de janeiro de 2015, seu décimo volume foi lançado em 25 de março de 2019.A primeira temporada da série animada veio ao ar, em abril de 2015, concluindo-se em 13 episódios. E em julho de 2015 tivemos a segunda temporada da série.

O jogo e a série acontecem na agência de talentos 346 Pro, onde um produtor está criando um grupo de ídols para o estrelato no que é conhecido como “The Cinderella Project“. O anime segue três dessas garotas, Rin Shibuya, Uzuki Shimamura e Mio Honda, junto com suas colegas ídols que também farão parte do The Cinderella Project.

Inicialmente imaginei que o anime iria ficar dentro da atmosfera da vibe escolar como já vi em animes como Love Live e k-On (o que não é um problema), mas Cinderella Girls vai além e nós leva para uma realidade mais próxima do que seria ser um idol na vida real. Como essas garotas possivelmente chegam em agencias, será mesmo que todas sempre tiveram como objetivo se tornar um Idol? Ou isso é algo que é construído com o tempo? Essas são jogadas que o anime vai jogando ao longo da história. O anime nós leva para os bastidores da batalha árdua que é treinar o máximo possível para poder finalmente debutar (estrear na industria)e assim se tornar um Idol, uma figura publica da industria audiovisual na asia.

idolmaster-cinderella-girls-castNesse anime pude ver na pratica problemáticas do mundo dos Idols que já vi circulando na internet, como a questão da ansiedade, a pressão de ser escolhido, preencher as expectativas do público, estar sempre perfeitos para atender o imaginário do seus fãs preservando um padrão de postura ideal, como também a árdua carga horária de treinamento antes de concertos, lançamentos de novos projetos entre outras atividades que são necessárias na vida de um idol.

Achei um anime muito valido, que vai além da proposta pois ele consegue nós passar uma percepção real sobre a vida de um idol. Além de ser uma historia divertida e com uma bela trilha sonora.

É uma indicação positiva para todos aqueles que consomem musica asiatica ou que quer conhecer um pouco mais desse universo.

Mas e você já conhecia algo da franquia the idolm@ster ? Tem vontade de conhecer? Vamos fofocar.

Escrito por: Eduardo Mateus

Um comentário sobre “THE IDOLM@ASTER: CINDERELLA GIRL (RESENHA)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s