Conheça, Danny Ventin [tomadachi]

Galera, estou aqui hoje para mostrar a vocês como foi a pequena entrevista que nosso blog fez com Danny Ventin, cantora trans Brasileira em inicio de carreira que usando dos conceitos das musicas asiáticas em especial Anime Songs, lança seu primeiro single promocional. Mas também sua canção carro chefe nesse domingo dia (10/11).

Acabou os dias no escuro”, canta Danny Ventin no seu primeiro single promocional “Você é capaz”, em uma sincronia com sua própria trajetória. A cantora agora se mostra ao mundo com a sua música, uma versão de Girls, da cantora japonesa Kana Nishino, com uma letra inspirada que nos convida a acreditar no próprio potencial. “Você é capaz” é uma música emocional, sensível e é quase automático para quem ouve ter um desejo de escutar mais. Para conhecer mais a cantora e compositora [insira BLOG aqui] convida (convidamos) a própria para responder algumas perguntas e dar um gostinho a mais do seu mini álbum dividido em duas partes, Eu mesma, Danny Ventin, que cujo lançamento está previsto para 25 de dezembro.

[INICIAIS DO BLOG]: COMO SURGIU A IDÉIA DE GRAVAR A MÚSICA?

[DANNY VENTIN]: Foi mais intuitiva do que pensada. O EP originalmente tinha quatro músicas, mas eu achei muito pouco; haviam músicas bonitas, mas nada que eu achasse marcante. As versões foram para preencher o disco, mas eu acabei me ligando a elas, pois as composições são muito pessoais. Grande parte das minhas composições giram em torno de mim ou em torno de pessoas que são importantes para mim. Eu acho que a mensagem que essa música passa reflete quem sou. Algumas pessoas costumam me perguntar sobre a ausência de gírias LGBT, mas isso é intencional, eu gostaria que aqueles que escutem saibam que eu represento muito mais que um tipo de batalha. Independente de tudo que eu sou, independente de tudo que dizem que uma pessoa como eu não deveria estar nesse espaço, eu sou capaz sim de estar e ninguém vai me fazer desistir disso.

[INICIAIS DO BLOG]: O QUE VOCÊ PODE FALAR SOBRE SEU EP?

[DANNY VENTIN]: No total, são oito faixas divididas em dois discos: o primeiro se chama Eu mesma e o segundo se chama Danny Ventin. As faixas do Eu mesma são músicas minhas, falando sobre esse lugar que é meu; e Danny Ventin se volta mais para a artista, a cantora, as versões das músicas que me influenciaram.

[INICIAIS DO BLOG]: E SOBRE TOMODASHI, SEU PRIMEIRO DEBUT SINGLE?

[DANNY VENTIN]: A música foi concebida como uma balada, ela surgiu com apenas uma criação própria de um trecho, e acabei construindo a parte melódica de maneira diferente, mesclando agressividade e romantismo. Ela me causou um misto de emoções; eu escolhi como música de trabalho pensando no que traria mais impacto para as pessoas e o que poderia representar o que eu sou. Eu acredito que ela se diferencia de Você é capaz, invocando a cultura oriental, lembrando as músicas de pop rock japonesas. Ela apresenta Danny Ventin de uma maneira mais objetiva, sobre meus gostos e escolhas, seja sobre a música japonesa ou o própria sonoridade. Ela terá um clipe, o qual foi bastante trabalhoso, mas já está sendo finalizado, embora não tenha uma data confirmada de lançamento.

[INICIAIS DO BLOG] :POR QUE VOCÊ ESCOLHEU FAZER VERSÕES DE MÚSICAS J-POP? QUAIS SÃO SUAS INFLUÊNCIAS MUSICAIS?

[DANNY VENTIN]: Eu conheci o J-POP assistindo animes e eu assisti vários animes clássicos e alguns não tão populares; era meu vício. As músicas me chamavam atenção e os canais que exibiam os animes também exibiam clipes de artistas. Como foi um universo que sempre existiu comigo, sempre se comunicou comigo, eu decidi que deveriam ter versões de artistas que me influenciaram como cantora. A música oriental como um todo, especialmente a japonesa, tem essa função na minha arte, então eu decidi completar o disco com duas versões de duas maiores inspirações de lá, Namie Amuro e Kana Nishino. A Koda Kumi também é uma grande influência, e eu sou uma grande fã, sempre acompanhando o trabalho das três. Eu ouço um pouco de k-pop, acho muito divertido, ultimamente eu tenho escutado muito Red Velvet. A minha diva suprema, a minha inspiração desde a infância é a Mariah Carey, quando estou em show, quando eu penso em voz e técnica, eu penso nela.

[INICIAIS DO BLOG]: O QUE ESSE ALBÚM REPRESENTA PARA VOCÊ?

[DANNY VENTIN]: É um disco que fala sobre mim. Ele não vai falar sobre uma Danny, e sim sobre várias Dannys… a que ouve a amiga, a que sofre, que chora, a que aprende o amor com a mãe, a que venceu, a que seduz… É como eu posso falar realmente como eu sou, e através disso, as pessoas podem falar como elas são, deixar um pouco suas emoções falarem de si. Eu acho que a arte é uma forma de falar o que sente e não consegue falar; às vezes a gente guarda muita coisa e não fala… As emoções podem tantos significados, às vezes não conseguimos traduzir, e aí está o papel da arte.

[INICIAIS DO BLOG]: QUE MENSAGEM VOCÊ GOSTARIA DE PASSAR COM SUAS MÚSICAS?

[DANNY VENTIN]: Eu gostaria muito de passar o que sinto. Minhas músicas são minha tentativa de encarar o mundo; como eu faço para superar um amor mal resolvido, a tristeza e a alegria de ser como se é, a alegria de estar apaixonada… A música pra mim nada mais é do que eu sinto. Quando a emoção se eleva, eu preciso pegar a caneta e compor, mesmo que leve um dia, e disso eu tiro o melhor – de superar e de celebrar o que é bom. Eu gostaria que as pessoas pudessem melhorar, pudessem se sentir bem ao escutar minhas músicas. Eu acho que o amor é o principal, todas as minhas músicas vão falar de amor – é uma coisa inerente a mim. Eu acho que o amor cura, mas faz a gente crescer. Ele machuca, mas ensina. Eu sempre vou dizer que o amor é a base da existência de uma pessoa; sem ele você não tem fé, nem esperança, você não tem nada.  

Conheça, “você é capaz” single promocional:

E tomodachi, canção carro chefe do álbum de Danny Ventin.

Escrito por: Rebecca Patas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s