Resenha: GIGANTOMACHIA

Eai meu povo, tudo belezinha? A resenha que trago hoje para vocês é do mangá one-shot GIGANTOMACHIA. Já fazia um tempo que eu estava com bastante vontade de ler esse mangá, até porque ele é criação do saudoso Kentaro Miura (mesmo autor de Berserk) então eu já sabia que seria um titulo de qualidade. Espero que vocês gostem da resenha, como sempre estarei respeitando os mesmos critérios de sempre, nada de spoilers.

Nome: GIGANTOMACHIA.

Escrito e ilustrado por Kentaro Miura.

Editora: Panini.

Público-alvo: Seinen

Valor: 15.90

Volume único.

Sinopse: “A cada centena de milhões de anos, um cataclismo de escala mundial devasta o planeta, obrigando as formas de vida sobreviventes a se adaptar às novas condições, o que resulta no nascimento de seres incríveis… Num futuro muito distante, Prome e Delos desafiam o domínio de um Império e sua horda de lendários gigantes ao buscar as partes do “corpo de Gaia” (fonte: wikipedia)”

Comentários: Creio que para quem conhece um pouco sobre esse mangá, sabe que ele foi serializado durante o ano de 2013 e 2014. E digamos que esse mangá nasceu entre capítulos de Berserk, que se não estou enganado na época estava em hiatos. Muitos fãs ficaram bem chateados porque o autor ao invés de lançar capítulos de Berserk estava focando em GIGANTOMACHIA. Eu entendo o aborrecimento de alguns fãs que ficaram chateados, mas acho que Berserk é uma historia muito complexa e ele precisava de um momento para respirar um pouco, arejar a cabeça e assim retomar a obra principal.

Após terminar a leitura de Gigantomachia, fiquei com a impressão de que essa obra poderia ter uma bela continuação pois a ideia geral dela é muito genial. Pra quem não sabe a palavra Gigantomachia vem do Grego, e nesse mangá é muito presente muitas referências à mitologia grega e a cultura grega na antiguidade. Além de temas que é bem habitual do Miura usar, como preconceito, religião, guerra. A historia em si me lembrou bastante a historia de Bestiarius, talvez seja por abordar assuntos mais no viés ocidental da coisa, mas também ter em cena combates mortais, gladiadores entre outros fatores.

Quem estiver acompanhando as leituras que tenho feito ultimamente, provavelmente vai perceber que tenho lido muitos títulos com temas “pós-apocalipticos”. Mas na minha opinião gigantomachia vai bem além disso, afinal ele fala de cataclisma. O grande momento em que o mundo passa por mudanças radicais e acaba mudando tudo. E as raças que conseguem sobreviver a isso acabam sendo obrigadas a se adaptar a nova realidade. Acho simplesmente genial esse tipo de temática. E a meneira que Miura guia os personagens transformando a historia ainda mais complexa é muito interessante, quem leu apenas uma vez esse mangá. Aconselho que leia uma segunda vez, pois com certeza você vai captar mensagens que passaram despercebidas na primeira leitura.

Sobre a edição do mangá, se eu pudesse julgar eu diria que é uma edição de nível médio. Esta no mesmo nível da edição atual de Berserk, sem tirar nem por. Se vale a pena ter? Sim, com certeza.  É aquele tipo de leitura que você consegue ler tranquilamente em uma tarde.

Nota: 5.0 / 5.0

Gravei um vídeo resenha pro nosso canal. Falando um pouco mais sobre Gigantomachia, e também mostrando como é a edição brasileira desse mangá. Não deixem de conferir e deixar seu like lá (quem for novo no canal não esqueça de se inscrever para poder acompanhar os próximos vídeos.)

Mas e ai galera? Já leram GIGANTOMACHIA? O que acharam desse titulo?

Escrito por: Eduardo Mateus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s