Resenha: Harry Potter e a criança amaldiçoada.

Eaê galera, para aqueles que acharam que eu não lia livros também trago a vocês uma breve resenha do que achei do livro Harry Potter e a criança amaldiçoada. Creio que essa será a primeira resenha de um livro aqui no blog, espero que vocês gostem mas que também abra espaço para novas resenhas de outros livros.

Harry Potter e a criança amaldiçoada.

Baseada em uma história Original de J.K ROWLING.

Roteiro: John Tiffany & Jack Thorne.

Sinopse: Sempre foi difícil ser Harry Potter, e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do ministério da magia, marido e pai de três crianças em idade escolar.Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. A medida que o passado e presente se fundem de forma ameaçadora,ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: as vezes ás trevas vêm de lugares inesperados.

 

Comentários: A história irá girar em torno do personagem Alvo Potter, filho de Harry Potter. A relação dele com o pai é péssima, pois Alvo não consegue se sentir tranquilo sabendo que é um “Potter” e que todos sempre vão esperar que ele trilhe o mesmo caminho brilhante do pai. Porém toda a popularidade aborrece Alvo, por saber que todos só esperam tanto dele, por ele ser filho de Harry Potter. Isso faz com que Alvo sempre tente ser o inverso do que o pai foi, como se dessa maneira provasse de que ele “é diferente”. O mais legal é que ele se torna amigo de Escórpio Malfoy que e filho de Draco Malfoy. Melhor amigo logo de um Malfoy kkk assumo que achei isso o ponto mais legal do livro.

Por não ter sido escrito por J.K ROWLING é notável que os personagens meio que passam por algumas mudanças de gênio. John Tiffany e Jack Thorne tentaram mostrar uma realidade onde Harry Potter é um adulto caxias, cabeça dura que na boa parte do tempo não tem tempo nem para ele mesmo. Já Rony se tornou um personagem sem tanta influência dentro da história como tinha antes, que só sabe falar frases cômicas e que faz todos rir. Tá é legal mas o Rony não é só isso.

A história começa de verdade quando Amos Diggory vai até a casa de Harry Potter, e exige que Harry ajude ele a trazer seu filho Cedrico dos mortos. Ele diz saber que Harry e Hermione tem posse de um vira tempo e que eles precisam voltar no tempo e evitar a morte de Cedrico. Apesar de concordar que a morte de Cedrico realmente foi injusta Harry se recusa a fazer isso e Amos vai embora zangado. Porém Alvo havia ouvido toda a conversa, e o jovem resolve abraçar a causa e ajudar Amos a conseguir o vira tempo e trazer Cedrico de volta. Com a ajuda de seu melhor amigo Escórpio e da misteriosa Delfi eles voltam no tempo por diversas vezes e tentam fazer a façanha de evitar a morte de Cedrico, porém eles passam a perceber que cada vez que retornam do passado, alguma alteração ocorre. E que quanto mais eles vão pro passado e mudam alguma coisa, mais horrível vai se tornando a realidade a ponto de sair de controle. E quando eles percebem que tentar alterar o passado não é bom, já e tarde demais pois o plano do “vilão” já está se concretizando.

Apesar dos altos e baixos eu achei Harry Potter e a criança amaldiçoada um livro muito tranquilo, de leitura objetiva afinal é um roteiro de peça né. Muito diferente da maneira da J.K ROWLING escrever.  O livro trás uma história gostosa, que vejo que dá pra ser lida de boa, e para os fãs que não gostaram do livro não ter sido escrito pela J.K ROWLING creio que é interessante ler com um olhar descontraído, visando uma história alternativa.  Dessa maneira evita decepção e aborrecimento.

Nota: De zero a cinco, minha nota pra esse livro é 3,5.

Também não deixem de conferir o vídeo resenha que postei no canal do nosso blog desse Livro. Lá mostro o Livro com mais detalhes, e quem ainda não conhece o nosso canal não deixe de se inscrever para acompanhar nossos vídeos, mas também ajudar nosso canal a crescer.

Mas e você já leu Harry Potter e a criança amaldiçoada? O que achou do livro? Não deixe de comentar, vamos trocar uma ideia.

Escrito por: Eduardo Mateus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s