Tigresas do Kpop: CLC preenche a vaga das 4MINUTE, tendo exito em seu objetivo.

A indústria fonográfica mundial vive de artistas que possam substituir quem já esteve em alta, isso se chama arrecadar lucros, e por mais criativo e inovador que um artista possa ser, todo artista tem o seu prazo de validade para o grande público, e então é aí que surgem comparações, principalmente de artistas e atos mais novos com antigos, o caso mais recente e internacionalmente conhecido foi Ariana Grande que foi vendida em 2013 como “A nova Mariah Carey” para o público e hoje é uma das maiores hitmakers e vendedora de álbuns de todo o globo. Era óbvio que após o término das 4MINUTE que sim, uma banda viria para suprir essa lacuna no mercado, e eis que veio CLC que vem causando uma grande comoção com teasers e comparações mais que inevitáveis com a banda e tudo isso só se solidifica quando você assiste “Hobglobin“:

São tantos elementos que estão presentes em “Hobgoblin” que remetem a 4MINUTE que não dá pra se quer argumentar, “mas elas trouxeram algo de original“, não trouxeram e tudo vai ser revelado conforme será apresentado nesse post. “Hobgoblin” já começa com um mina soltando algo que BLACKPINK com seu debut, só que dessa vez “I’m in the zone, we are CLC“, mostrando que a fórmula usada será a mesma das suas colegas que estrearam no ano passado, ou seja, suprir um mercado grande e que está carente de lançamento na pegada “menina má“, e a ideia é bem simples já tem uma banda nessa pegada BLACKPINK, então está na hora de apresentar suas “rivais”, as que vão competir pelo mesmo nicho, por assim dizer, afinal, agora é a hora de fomentar a semente que foi plantada para que fan bases comprem para estimular a competição (lucro) no mercado. Explicado que a razão das CLC não é só e apenas suprir a brecha deixada pelas 4MINUTE como também bater com BLACKPINK e assim chegar ao ponto que o mercado fonográfico precisa, competição entre meninas, algo tão estimulado e rentável para uma indústria machista e capitalista. A questão que fica é: “CLC conseguiu ter exito em sua apresentação?

clc3.png

Sucessora da HyunA das CLC

Bom, “Hobgoblin” é uma faixa realmente boa e nitidamente algo que 4MINUTE lançaria caso estivesse em atividade pois lembra bastante a faixa “CRAZY“. Ela já começa oferecendo aquele break cantado entre as duas integrantes mais carismáticas do grupo, e percebam que quem começa o verso inicial é a que seria a HyunA do grupo, a rap malvada e sensual, é tanto que toda a faixa foi produzida para ela fosse brilhar. A faixa tem o seu momento mais slow down onde as vocais da banda ascendem e preenchem a ponte para o refrão que vai crescendo até explodir do mesmo jeito que a faixa começou. O middle-8 é criativo e realmente funciona ele consegue manter o ritmo da música, sem soar repetitivo e ainda dá um pause que ao invés de colocar um agudo ou nota vocal simplesmente a integrante da banda solta um beijo e mais uma vez temos o refrão redondo, fechando a faixa de uma maneira bem agradável.

clc4.png

Um beijo pras travestis

O vídeo de “Hobgoblin” não trás muitos acontecimentos e realmente lembra qualquer MV que as 4MINUTE fariam, e que você pode caçar aí no YouTube (ah, por sinal o nome do canal de ambas as bandas estão estilizados da mesma maneira), a ideia é aproveitar o cenário que é oferecido, que dá um total de três cenários, colocar efeitos de luzes e além disso uma coreografia onde cada integrante pode aproveitar o seu tempo, atrelado aí a uma edição que vai buscar tirar o melhor de cada cenário escolhido sem soar repetitivo, e é nisso que o vídeo é bem coeso. Apesar do seu orçamento não ser tão grandioso ele consegue ter uma boa edição e saber apresentar a banda como o novo grupo de meninas má do kpop, focando mais nos passos de dança e em consolidar a imagem delas em sua memória.

clc5.png

Diferente do que muitos devem esperar acho que “Hobgoblin” tem uma boa produção e que realmente me agradou do início ao fim caindo como uma luva na mão das meninas que conseguiram com bastante exito entregar uma faixa coesa e redonda, atrelada a uma imagem que realmente configura o mesmo estilo e linha das 4MINUTE. Não há motivos para dizer que CLC é pior ou inferior as suas “inspirações“, as meninas são apenas um produto que o mercado precisa, e o que mais importa é se elas fazem isso de uma maneira interessante ou não, e de fato elas conseguem fazer isso bem. Agora é esperar que conforme os lançamentos venham surgindo possam sair dessa zona difícil que é estar substituindo um produto para criar a sua própria identidade, mas para um começo as meninas do CLC estão bem, e “Hobgoblin” fica como um lançamento marcante e impactante nesse mês.

Escrito por Japonesque Divas

Anúncios

2 comentários sobre “Tigresas do Kpop: CLC preenche a vaga das 4MINUTE, tendo exito em seu objetivo.

  1. JMB disse:

    Nossa, eu realmente gostei dessa música. Foi pq elas emularam a minha girlband favorita ever? Talvez, mas é disso que o CLC tava precisando. A CUBE disse no pré-debut que elas seriam diferentes de tudo o que havia sido lançado no Hanguk até então, mas aí o que veio? Uma girlband simpática e e com músicas legaizinhas, mas completamente genéricas. Ok que Hobgoblin não reinventa a roda (muito pelo contrário), mas numa época que em 95% das gribands coreanas apostam em white aegyo, isso é uma verdadeiro alento (fora que indiretamente dá pra matar a saudade das ❤ 4minutas ❤ )

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s