Final Fantasy VII Remake: o que esperar do revival do clássico game nas gerações atuais?

ehbomsaber_FFVIIRemake

Bom, este é meu primeiro post no site e já trago um assunto que eu acredito que muitas pessoas se interessam, comentam e jogam, que são os games da franquia Final Fantasy.

4-1

Desde o avançar da tecnologia dos games, os fãs tem clamado a Square por um remake de Final Fantasy VII, que arrisco dizer que é um dos episódios mais famosos de toda a franquia. Muitos e muitos gamers mais old school, -como eu- com certeza tem uma lista bem grande de diversos remakes ou remasters de games que poderiam ser feitos/refeitos para as atuais gerações de consoles, aprimorando mecânicas, gráficos e quem sabe, expandir o universo do game em si, trazendo também novos conteúdos e maneiras de revolucionar uma vez mais, como no seu lançamento original. Entretanto, mesmo esta sendo uma vontade da maioria, existe uma grande parte que pensa no lado ruim da coisa: “e se estragarem o game?”, “e se ele não ficar tão bom quanto o original?” perguntas como essas se passam na cabeça de todo mundo que é muito apegado a alguma franquia, mas vamos analisar os fatos.

Apesar de muitos gostarem do sistema de combate de turnos, sabemos que poucos games atuais estão utilizando essa mecânica, – os mais conhecidos são principalmente os das franquias Tales of, Dragon Quest, Persona… – sabemos que hoje em dia os games estão mais dinâmicos, mais fluidos e a coisa está se tornando cada vez mais expansiva, já que estão trabalhando mais os detalhes, os mundos estão ficando mais abertos e tem cada vez mais coisas e mais lugares para se explorar, inclusive, o próprio gamer anda mais exigente ultimamente, mas vamos analisar os pontos positivos do remake.

final-fantasy-7-remake-being-created-with-unreal-e_c5vh.640

1 – O game será mundo aberto:

O sonho da maioria dos fãs de Final Fantasy parece estar se tornando cada vez mais concreto: um game inteiramente em mundo aberto. A Square começou a dar seus primeiros passos em direção a isso, com o XII, deixando o jogador um pouco mais livre pra explorar o mapa, inclusive, os combates que tira um pouco o foco da mecânica dos turnos, deixando o game bem similar a Vagrant Story do psone, não só em termo de jogabilidade, mas também no design dos personagens. Já no XIII, eles tentaram trazer a mecânica dos turnos novamente, mas o game não excedeu as expectativas dos fãs. Da trilogia, o que mais me agradou, sem dúvidas foi o primeiro game, mesmo com os problemas de linearidade do mapa e principalmente daquele problema nas batalhas, onde se o personagem que se está jogando morrer, resulta num instantâneo e sofrível game over, sem direito a troca da party. A Square percebendo a falha em muitos aspectos, fez mais dois games no universo do XIII, que não ficaram totalmente satisfatórios. Já no atual Final Fantasy XV, eles resolveram trazer definitivamente a mecânica do mundo aberto a série, onde você poderá explorar todos os cantos do mapa. E nessa vibe, a Square decidiu que o remake de Final Fantasy VII, seria mundo aberto e teria muitas horas de game.

Final_Fantasy_VII_Remake_gameplay_screenshot

2 – Alterações de batalha: Hack and Slash.

A mecânica de combate do game, também será diferente com relação aos seus antecessores, sendo bastante similar ao que temos acompanhado recentemente nos trailers e gameplays de Final Fantasy XV, que tem suas batalhas em tempo real e mais similares a outros games famosos, tais como Kingdom Hearts, God of War, Assassin’s Creed e outros. Em uma entrevista recente, o produtor do game, Yoshinori Kitase, disse que este é o ano de preparação para Final Fantasy VII e inclusive, deu alguns detalhes sobre algumas mecânicas do game, numa entrevista para a IGN:

“Sobre a velocidade de batalha e ritmo, para garantir uma batalha sem estresse, queremos algo no estilo de Dissidia Final Fantasy“, disse Tetsuya Nomura, o criador da série Final Fantasy. “Quanto ao nível de ação, é Dissidia Final Fantasy, depois Kingdom Hearts e depois Final Fantasy VII Remake. Não vai ter nenhum tipo de ação que requer técnica. Ao usar o novo sistema, queremos fazer batalhas com ação e estratégia ao mesmo tempo”.

FF7-Details-Int_12-07-15

3 – Será lançado em formato episódico.

Olha, sinceramente eu não sei como eles farão isso, mas farão. -risos- Mas acredito que seja uma forma de não haverem cortes e inserir novos fatos a história, visto o que fizeram a um tempo atrás com o primeiro Resident Evil, onde o seu remake acabou se tornando canônico por ser uma versão bem mais completa do que o seu original. Talvez não da forma como foi contada Life is Strange ou Heavy Rain, mas acredito que seja lançado apenas em partes para ampliar a história mesmo, inclusive, a produção do game deixou claro o interesse em ampliar o universo do game original, inserindo novas histórias e novos cenários, que podem auxiliar no desenvolver da trama.

cy-1024x578

4 – O game terá ajustes a história.

Complementando o tópico anterior, a produção do game deixou bem claro que quer expandir o universo e mexer na história do game sim. Ainda para a IGN, o produtor declarou:

“Não quero que o remake termine como algo nostálgico”, declara Kitase. “Vamos fazer ajustes na história com isso em mente.”

Parece que a ideia é justamente alcançar o nível épico de fantasia, um nível tão alto quanto o game original.

Como fã, sinceramente eu estou com uma expectativa muito alta no remake, eu espero muito que ele venha a ser tão épico quanto o original. Vamos aguardar novas notícias referentes a este tema. Conforme forem saindo atualizações, irei postando por aqui. Por enquanto é isso, eu espero que tenham gostado da atualização master sobre o que tem rolado até agora na produção do remake, até o próximo post pessoal!

Texto: Lucas Souza.

Anúncios

2 comentários sobre “Final Fantasy VII Remake: o que esperar do revival do clássico game nas gerações atuais?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s